Prefácio de meu futuro livro

Ao meu pai que amo demais ; a minha mãe que é hoje minha melhor amiga ; aos meus irmãos ; a meu filho , que praticamente salvou a minha vida e que me devolveu a alegria de viver; ao meu analista que me fez enxergar o meu EU; as minhas grandes amigas que sempre estiveram ao meu lado; a mim mesma que hoje estou lutando e vivendo uma vida minha feliz e saudavél ;a minha sobrinha Maria Antonia enfim a todos vocês , que com este livro pretendo e espero ajudar de alguma forma a superar problemas e traumas .

Um turbilhão…
Faço análise desde a adolescência. Mas em Novembro de 2008 comecei uma terapia completamente diferente de tudo o que já tinha experimentado: comecei uma jornada intensa em busca de mim mesma, dos meus focos, dos meus sonhos pessoais, sempre tão perdidos num turbilhão de acontecimentos problemáticos e doentios, que me arrastaram desde muito pequena de uma forma avassaladora, sem nunca me deixar espaço para um livre arbítrio sobre o que eu realmente queria. Eu me achava uma pessoa fraca, frágil, e comecei a perceber que tudo o que eu havia feito na minha vida até hoje, tinha sido em função de lutar e proteger as pessoas que eu amo e tentar resolver os problemas da minha família. Percebi o quanto eu era forte e uma grande lutadora desde pequena, e como consegui enfrentar e sobreviver a tantas crises, e criar meu filho longe dessa loucura, proporcionando a ele, dentro do possível, um ambiente normal e saudável, bem diferente do que eu nunca tive.
Por isso resolvi escrever esse livro. Para dividir com vocês a minha história, abrir meu coração e a minha alma e quem sabe ajudar todos os que passam ou passaram por problemas parecidos com os meus. Mostrar que em qualquer família, pode ser rica, classe média, pobre, não importa, uma doença psiquiátrica pode existir e tem que ser diagnosticada e tratada o quanto antes, para que não se transforme num pesadelo do qual não se consiga acordar.
Infelizmente, minha família, que todos consideravam normal perfeita e que tinha tudo para ser feliz… vive esse pesadelo. Meu pai é bipolar e dependente químico. Infelizmente, a doença dele não foi diagnosticada a tempo. Sem saber que estava doente, ele entrou no caminho infernal das drogas. Eis a razão de tudo. Até hoje estamos em busca de um final feliz para a nossa história.
Quero mostrar a vocês que mudar é possível, largar as drogas é possível, mas é preciso coragem para abrir os olhos, enxergar e enfrentar o problema com coragem e não fazer o que se fez: achar que “é só uma fase que vai passar”, como falavam, ou, como se diz, “tapar o sol com a peneira”. A família tem que ficar atenta, tem que intervir e a pessoa que enveredar pelo caminho das drogas tem de ser convencida a se tratar. É aí que entendemos melhor a velha frase “ser duro sem perder a ternura”, proporcionando a essa pessoa ajuda médica permanente para manter a doença sob controle. Infelizmente minha avó paterna, a matriarca da família, pois meu avô já sofria de um mal irreversível, não enxergou isso. Não fez o que deveria ter sido feito com meu pai, enquanto ainda era possível regredir o quadro. Ele foi ficando cada vez mais doente e adoecendo toda a família junto.
Compartilhando a minha experiência, quero poder ajudar vocês a entenderem um pouco mais sobre cada detalhe desse problema que vivi e ainda vivo com meu pai. E a dor que ainda carrego comigo todos os dias.
Não é fácil dar um “rewind” no filme da vida e ficar lembrando e analisando tantos momentos tristes e angustiantes, tanta revolta, tanta mágoa que eu tenho guardada dentro de mim, tanta dor. Escrevo cada página desse livro com lágrimas escorrendo. Cada parágrafo, cada lembrança toca meu coração e me leva de volta para um lugar que eu adoraria que nunca tivesse existido. Quero mostrar para vocês como a droga transforma qualquer pessoa num monstro, qualquer lar num verdadeiro inferno, destrói uma família e com todos ao seu redor. O drogado fica sem sentimentos, sem pudor, sem amor por si ou por qualquer outra pessoa. Ele vira um nada e nos momentos de lucidez, também se sente um nada e sofre, sem ter a consciência de que faz sofrer a todos os seus. Ele é um náufrago, que se debate num mar revolto, e quando pensa que vai conseguir chegar na praia, vem uma onda mais forte e o arrasta para o fundo de novo.
Aqui segue minha história para vocês. Precisava dividi-la e se ela puder ajudar alguém ou alguma família, ficarei realizada e feliz.

  • Juliana Vital

    muito legal, isa! acho que vai ser um bom livro! bjos

  • http://www.blogger.com/profile/11964711812633056320 Isabella Lemos de Moraes

    Obrigada Juju !! bjaoooo

  • http://www.blogger.com/profile/03847914581595001673 heloisa

    Legal Isa!!! parabéns!!! è isso aí…..seu livro vai ser uma lição para muitas pessoas!!! Bjão e Boa sorte! Heloisa

  • http://www.blogger.com/profile/12639335390435570930 As aventuras de uma baiana…

    Isa querida, se esse livro de alguma forma for amenizar as suas dores os libertar os fantasmas que ainda existem dentro de você, tá valendo! Parabéns pela iniciativa, pela coragem e passe por cima das críticas, pois elas com certeza virão…força e também espero que você possa ajudar pessoas e famílias a não passarem o que você passou.

    Bjss

  • http://www.blogger.com/profile/11964711812633056320 Isabella Lemos de Moraes

    obrigada amiga!!!! Obrigada pela força !!! beijaooo

  • http://www.blogger.com/profile/15406520830006213890 Constanca T.

    Isa querida
    Tenho tanto orgulho de vc!!!
    bjus

  • http://www.blogger.com/profile/00793070235518054226 Cynthia Kremer

    Isa,
    lendo o prefácio de seu livro, dá para perceber a clareza que você manteve, (apesar de TUDO, e não é pouca coisa)essa lucidez incrível diante de acontecimentos tão traumáticos. Isso é particularmente difícil quando estamos diretamente envolvidos; como você na sua história de vida. Parabéns por ser tão articulada, lúcida e ainda ter a generosidade de tentar ajudar outras pessoas que passaram por situações semelhantes compartilhando toda a sua dor. Exorcize seus fantasmas. Isso nos faz permanecer sãos!
    Quero ler seu livro todo em breve!
    Beijos,
    Cynthia

  • http://www.blogger.com/profile/17497236913939993380 Bell Quintão

    Coragem pra expor esse problema tão doloroso e ajudar aos que estão neste mesmo barco.
    Passamos por isso com meu irmão que hoje,se não tivesse ido embora numa overdose estaria com 47 anos.Que coisa linda,continue passando sua experiência para quem anda nesse mesmo caminho e muitas vezes não sabe como agir.
    Realmente “ser duro sem perder a ternura” e amar exigentemente são as saidas para os filhos de hj.
    Sucesso.
    Bel Quintão

  • http://www.blogger.com/profile/17629401486516190378 Nadia

    Amiga,
    Que o Senhor te use e te inspire sempre, pois com seu livro tenho certeza que irá mudar a vida de muita gente. Parabéns e que o Espírito Santo de Deus te ilumine a cada palavra!!!
    Em breve quero ler esse livro.. bjos

  • http://www.blogger.com/profile/11964711812633056320 Isabella Lemos de Moraes

    Muito obrigda pela força que voces estao me dando! espero continuar podendo ajudar voces! obrigada pelo carinho sem voces nao conseguiria … Estamos juntos!!!! beijos no coração de voces, Isa

  • Anonymous

    MUITO BOM O SEU TRABALHO!! SERA MUITO RECONHECIDO E TRARA MENSAGENS E LICOES DE VIDA PARA AS PESSOAS QUE PASSARAM POR ESSES PROBLEMAS EM SUAS VIDAS!!

    Parabens do coracao!! bjsssss

  • http://www.blogger.com/profile/11964711812633056320 Isabella Lemos de Moraes

    obrigada !! espero pode ajudar muitas pessoas , é esse o intuito de meu Blog e depois de meu livro!!!! beijos a todos voce , Isa
    se quiser falar comigo manda e mail para isajff@gmail.com

  • Anonymous

    estou mto orgulhosa de vc.vai ser um lindo.trabalho.aliás já é .bjos mamãe

  • Anonymous

    Amiga , tenho ctz que seu livro servira de referencia para muitos. E que voce vai ajudar todos aqueles que você esta querendo e semmpre quis … Lendo seu prefácio ate chorei. É chocante , envolvente ,sincero, mostra a pessoa maravilhosa que você é ! Beijos Ceci

  • http://www.blogger.com/profile/18330209586959767930 Marcelo

    Parabéns pela iniciativa e pela coragem de expor a sua intimidade e a da sua família. Que esse livro possa trazer redenção, se não a todos, pelo menos ao seu coração. Bjs

  • Anonymous

    Isabella,fiquei emocionada. Parabéns pela sua coragem, pela luta e acima de tudo a sua força.
    Seu prefácio já mostra que o livro ajudará a muita gente…pode ter certeza que ele será sua missão junto a sua família.
    Bjus de coração,
    Flávia Burity

  • http://www.blogger.com/profile/00809284005490698470 Luiz Roberto

    Isabella,
    O livro cujo prefácio se delineia, vez que escrever é reescrever, e assuntos abordados no blog, refletem coragem, uma das vias para a superação, e a generosidade de provocar em seus ‘seguintes’ inspiração na lida com as próprias reflexões. Bom conhecê-la.
    Luiz.

  • http://www.blogger.com/profile/05450366054843992371 cicero

    Isabella,
    Vejo que com decorrer da vida, vamos construído passo a passo camadas de informações e quando entramos em nossas viagem precisamos expor, para que pessoas consigam perceber os seus verdadeiros sentimentos e emoções. Percebo a importância da sua evolução e crescimento, e quanto seus fragmentos de vida devem apresentar ou transmitir para pessoas que buscam o mesmo caminho, que é o crescimento. Continue sempre, e não pare, parabéns pela iniciativa!!!

  • http://www.blogger.com/profile/12824052329203443633 Rovena frança

    Impossível alguém não ficar emocionado com esse depoimento. Paz e amor , para todos da sua família.

  • Hildinha Góes

    Isa querida! Lindo o prefácio do seu livro!!… Amei, e fiquei muito emocionada!!… Se Deus quiser, você conseguirá lançar o mesmo!… E, assim, ajudar muitas pessoas, e, também, a você, botando pra fora tudo isso, que você viveu!… Você é muito forte, e guerreira!… E, conseguiu construir uma família, equilibrada, criando muito bem seu filho!!…
    Parabéns, querida!! Você merece!!!…

  • everaldo

    Olha Isabelle…sempre me vem lágrimas nos olhos, quando converso com alguém que vive ou viveu esta experiência. Tenho um filho que, junto conosco, vive esta grande luta de permanecer longe do crack. Tenho 63 anos, vivi várias experiências em minha caminhada, porém nenhuma tem sido tão marcante quanto esta. Ela é tão extranha, é tão singular, que reverencio todos que tiveram o o “privilègio” ou o infortunio de a conhecer.

    Parabéns a voce e ao seu heróico pai, por acender esta chama.

  • http://www.belavista-rio.com/ maria cristina skowronski flynn

    Muito bonito e sincero esse prefácio! Parabéns pela audácia de escrever esse livro!! Tudo de bom!!!

  • http://www.blogger.com/profile/01997671751833561988 Patricia Reed

    A introdução ficou muito boa, bem explicada, bem clara e resume bem a sua história. Parabéns! Que o livro saia do forno logo! Bjos amiga!

  • http://www.blogger.com/profile/05450366054843992371 cicero

    Isabella, tenho pensado muito sobre vc e seu caminho. De repente pra entender o que seria de mim, se estivesse ido por esse caminho de horas e horas de analise. Acordei pensando nos caminhos que DEUS, venho a me propor! Acredito q somos tocados nas nossas vidas, em muitos momentos, que ñ sabemos, mas q são mágicos.

    Muitas vezes qdo venho ao seu Blog para escrever, fico lendo algumas publicações anônimas anteriores minhas, que até tenho duvidas se foi Eu, quem à escreveu. Percebo que nosso universo, reconhece alguns significados que nos torna proprietários. Penso, que está duvida é parte de um desapego.

    A nossa capacidade de percepção e desenvolvimento, se relacionado diretamente com desapegos emocionais, que tem muito a ver com comportamentos. Somos ricos em capacidades e desenvolvimentos, (Quando educamos nossos filhos, as vezes falando com minhas filhas, percebo que posso facilitar essa comunicação, sendo como ela “FEMENINA”. Hoje chegou meu FILHO, onde esse AMOR, que desperta por ele chega assustar. Mas Sou HOMEM BEM RESOLVIDO, E PRECISO CONTINUAR.), que muitas vezes ñ aceitamos ter, por isso fugimos de pessoas que nos apresenta tais tesouros, ou pessoas fogem quando apresentamos tais preciosidades.

    Não podemos fugir, ou melhor, temos q se apresentar. para poder nos encontrar neste UNIVERSO TÃO VASTO, q somos!