Making the best out of everything

( Nessa foto: alguns membros de minha família )

Bom dia!!!!

Sábado, no meio de uma festa que fui, sentei com uma grande amiga, e começamos a conversar sobre a vida. Como somos parecidas! Temos problemas diferentes, claro, mas temos algo em comum. Ambas buscam mudar e crescer, ambas lutadoras! Conversando com ela, ouvi uma coisa importante, e que considero verdadeira: “ Existem pessoas que já nascem com esse desejo de viver, de lutar por uma vida melhor, mesmo sabendo que a dor será inevitável, pois lutar é muito mais difícil que ficar parada.”

Não nos contentamos com pouco, queremos melhorar, queremos o melhor para nós e para as pessoas que estão ao nosso redor.

Como meu analista diz: “Pelo menos, Isabella você vive na escolha, você pode escolher”. É verdade! Quantas pessoas queriam escolher e não escolhem por medo, prisões na alma, por não terem coragem de falar, de recomeçar, de se levantar e dizer o que realmente querem para suas vidas. Eu já recomecei muitas vezes, portanto sei como é difícil, mas também como vale à pena, pois quando encontramos o que realmente querermos e amamos, isso não tem preço! Sem querer entrar em questões capitalistas, mas evidente que quando citei esta frase, lembrei-me da conhecida propaganda de um famoso cartão de crédito, que sugere que para você ser feliz, qualquer preço vale a pena ser pago. Evidente que ali existe um mecanismo de sedução e marketing para que as pessoas genuinamente acreditem que para serem felizes precisam adquirir certas coisas e prazeres, que uma boa dívida neste “bom cartão” de crédito lhe garantiria.

Mas aqui gente, quero deixar bem claro que se você não for livre e feliz no seu interior nada que se possa adquirir do lado de fora pode lhe trazer felicidade permanente. Prazeres e coisas podem nos trazer uma sensação boa sim, mas passageira e na maioria das vezes é uma fuga. Uma tentativa de preenchermos nosso vazio com aquilo que só nos engana momentaneamente. Prazeres passageiros e fugazes.

Não sei se esse é o caminho certo para todos, mas é o caminho que essa minha amiga e eu escolhemos! É o caminho da luta! Não há vitória e conquista sem luta. Todas as vitórias em guerras e batalhas, sejam elas interiores, militares, profissionais, qualquer que seja o tipo, foram antecedidas por lutas e batalhas. Eu não sei viver de outra forma!

Aquele estilo de vida, da famosa música popular de Zeca Pagodinho “Deixa a vida me levar…” e ficar na platéia vendo as coisas desmoronarem te deixará bem aí onde você está, ou pior, indo de um abismo a outro, pois como já afirma no mais antigo livro do mundo, um abismo chama outro.

Por exemplo, ver um relacionamento amoroso que eu esteja vivendo, que eu tenha certeza, dentro de mim, que as coisas da forma como estão, não vão dar certo, e pensar: “Ah, deixa! Quem sabe a vida faz um milagre e tudo muda!”. Não, gente, não muda. Não podemos modificar nenhum ser humano sobre a face da terra. Podemos mudar a nós mesmos e ainda assim com muito esforço e empenho. Para isso temos algumas ferramentas disponíveis com um tratamento psicológico, auxílio de médicos muitas das vezes, e evidentemente de Deus.

Contudo, a principal ferramenta é o nosso desejo. Sem a pessoa querer, sem a busca de um autoconhecimento, sem confrontos sobre o problema, sem diálogo é impossível uma cura. E em se tratando de um relacionamento amoroso, a mudança só pode ser possível se os dois desejarem a mesma coisa, as pessoas são indivíduos diferentes, mas para darem certo e viverem em harmonia, e serem um sistema saudável, precisam andar em acordo com relação ao que esperam do relacionamento e terem compatibilidade de valores e caráter.

Estou citando um exemplo de relacionamento amoroso, mas isso vale para tudo na vida! Não vamos conseguir nada se não levantarmos e corrermos atrás! Entendem?! A humildade de reconhecer e aceitar que certas coisas também não podemos mudar, é um bom passo para a saúde. Existirão sim situações que não poderemos modificar e nos revoltar contra esta verdade só nos adoecerá mais.

Durante muitos anos, eu não conseguia me levantar, pois ficava parada na vida de minha família, tentando salvá-los, tentando amenizar a dor deles, tentando que meus irmãos mais novos sofressem menos. Tudo bem acho que pude ajudar um pouco, mas não adiantou. Cada um tem que passar pela sua dor, não adianta escondermos de ninguém o que esta na cara de todos, pois um dia irão enxergar, vão perceber…

Isso vale até para uma criança, pois, por mais nova que seja, ela percebe as coisas.Pode até não racionalizar e ter condições de elaborar, mas ela percebe claramente as coisas.

Mas hoje acordei, e cuido de mim para poder depois cuidar do outro! Isso me faz lembrar o exemplo da comissária de bordo que, ao entramos no avião, sempre nos diz: “Em caso de emergência, primeiro coloque a máscara de oxigênio em você, depois coloque na pessoa ao lado (mesmo que seja seu filho). Por quê? Porque se você não tiver ar para respirar, você não poderá salvar, nem ajudar ninguém! Esse exemplo tão evidente não foi seguido por mim ao longo da minha vida, mas hoje faz total sentido.

Sinceramente, eu nunca enxerguei isso, pois a vida inteira, eu abri mão de mim, de minhas coisas, para cuidar da minha mãe que era co-dependente de meu pai, e, por isso, sofria demais. Do meu pai que é dependente químico, dos meus irmãos que são mais novos… Logo, eu era co-dependente também. Não conseguia enxergar nada que estava na minha frente, não conseguia ter vida própria, pois na minha cabeça co-dependente, eu tinha que salvá-los! Mas, gente, não adianta! Se fizermos isso só iremos acabar com nossas vidas, adoecer, piorar a situação daqueles que estamos tentando ajudar, pois eles se acomodam, e no final, nos sentiremos fracassados, pois o que estávamos lutando para conseguir mudar no doente, não iremos conseguir! Só ele pode querer mudar, só ele pode se convencer procurar uma ajuda profissional e mudar para melhor!



Meus queridos leitores e amigos , não façam como eu fiz, não tentem ser mãe de todos e não anulem o seu maior bem, sua VIDA! De uns anos para cá, pude ver isso, e me tornei uma pessoa feliz, a cada dia mais bem resolvida, cuidando mais de mim, do meu filho, do meu futuro, dando à volta por cima, correndo atrás de um tempo “perdido”. Mas, qualquer tempo, qualquer momento nunca é perdido, pois, em qualquer situação,aprendemos, crescemos mudamos e levamos com a gente, para vida toda, ensinamentos que ninguém pode tirar! Tornamo-nos pessoas melhores, mais fortes e especiais!

Então, se você , assim como eu passou ou passa por coisa parecida não se lamente , não fique triste, não se culpe!

Lembre-se, você pode dar a volta por cima, nunca é tarde para recomeçar.

De verdade, nunca é tarde mesmo! Eu pensava: “Nossa! Estou com 30 anos já casei, separei, tive um filho, não terminei a faculdade, perdi tanto tempo com minha família…”, “Só agora acordei, e estou vendo a vida como ela é…”, o que vou fazer? É tarde demais!

Confesso que me deu um desespero! Eu achava que não ia dar tempo para nada, que não ia ter mais jeito, que era o fim! Mas não, não era! Ao contrario, estava apenas começando minha vida, e o melhor, de uma maneira mais madura, sabendo exatamente o que queria e o que era bom para mim!

Então, vamos levantar hoje de nossas camas sabendo que tudo, tudo tem uma saída! Contem comigo para ajudá-los, dar conselhos, indicar médicos, tratamentos e apoiá-los!

E para quem tem fé em Deus, confie nele, pois ele também, sem sombra de dúvidas, está do seu lado!

Aproveitem o dia!

Beijos. Isa

Isa

  • http://www.blogger.com/profile/03577418011894316078 joao flavio

    Parabéns mae.. seu blog ta muito bom, to gostando dos posts e gostei do exemplo do avião ahahahahaha, te amo muito, e muito sucesso com seu blog porque ja esta parecendo um grance sucesso e cada vez mais vai ser um sucesso tudo de bom, beijaao te amo

  • http://www.blogger.com/profile/11964711812633056320 Isabella Lemos de Moraes

    OBRIGADA MEU AMOR!!!!!!!!!!!! VOCE É MINHA INSPIRAÇAO PARA TUDO ISSO!!! TE AMO MUITO TAMBEM!!!

  • http://www.blogger.com/profile/01997671751833561988 Patricia R.

    Primeiro de tudo gostei da foto! :)
    Gostei muito do post! “Poder escolher” realmente é algo que não tem preço. Dói demais às vezes, mas a longo prazo é o que nos faz sentir que estamos no controle de nossas vidas, né? Sem esquecer que podemos também escolher não fazer nada! Contanto que isso seja uma escolha consciente, tá valendo.
    Assim como o João, tb. gostei do exemplo do avião. Quem não entendia o q vc queria dizer, com essa exemplo vai entender! Hahaha! Bjão

  • maria eliza

    QUERIDA ISABELLA- VOCE ALÉM DE LINDA É TAMBÉM INTELIGENTE E ESTÁ “OLHANDO” PARA A VIDA COMO ELA DEVE SER VIVIDA. SIGA EM FRENTE – SEJA MUITO FELIZ- SEMPRE SEMPRE SEMPRE
    BJS
    MARIA ELIZA

  • http://www.blogger.com/profile/17835256549310546945 Ingrid Zavarezzi

    Também adorei o exemplo do avião… nunca tinha pensado nisso!! Às vezes a gente precisa desse ar pra continuar… e nos sentimos tão culpadas querendo sempre “salvar os outros” e quando percebemos estamos nos exaurindo tanto ou mais do que eles!!
    Beijos, querida, e mais uma vez, parabéns!! =)

  • http://www.blogger.com/profile/14484288351853990376 DXB

    Isa,acima de tudo vc está se transformando em uma mulher corajosa.
    Isso parece simples mas não é.
    Visto que para isso é necessario vencer nosso principal oponente,que na maioria das vezes somos nós mesmos…
    E vc está ganhando essa batalha…
    Parabéns….
    Bjoss do amigo Toninho Da Matta
    ;-) )

  • Anonymous

    Amiga,
    Estou lendo seu blog e amando!
    Super orgulhosa de vc!
    bjssssssssssssssss,
    Carlinha

  • Nat Rosa

    Isa, adorei!
    Parabens pela sua ideia!
    Ja havia lido mas nao tinha postado ainda:)
    bjs
    Nat Rosa

  • Anonymous

    Olá Isabela, eu que a conheci tão pequenina pude acompanhar um pouquinho a vida de vocês da qual tiveram uma parcela na história de vida dos meus filhos ,sinceramente estou muito orgulhosa de você, tão inteligente tão amadurecida e pode ter certeza você não perdeu tempo nenhum em sua vida, muito pelo contrario tudo que fez para ajudar sua família só contribuiu para seu aprendizado e crescimento para estar com esse propósito, inclusive de escrever um livro., como disse Fernando Pessoa “tudo vale a pena qdo a alma não é pequena” Parabéns! te admiro e quero ter o seu livro, que Deus ilumine seus caminhos e de toda família, um grande abraço com carinho. Você ainda tem uma vida linda pela frente.

  • http://www.blogger.com/profile/05450366054843992371 cicero

    Show…Parabéns, esta indo no fundo da alma. Vjo a necessidade de procurar a Dr. Marta, minha psicologa! Bacana, menina!

  • Anonymous

    parabens filha !!!

  • http://www.blogger.com/profile/05450366054843992371 cicero

    Temos visoes diferentes, como uma conversa, que ñ ouvimos algo que foi falado. Isso acontece com leituras de livros. Estamos sempre sendo sacudindo por dentro, onde o nosso corpo grita para percebemos o porque? Onde fugimos as vezes!!! Aconteceu isso quando li pela 1ª vez esse relato. Vjo que precisamos construir camadas que na gestação e na infancia deixou a desejar. Buscamos aceitações entendimentos, mesmo sabendo que pela 1ª vez ficou inconciente TOQUES NA ALMA. Grato Isabella por publicar novamente.