Dad I love you

Oi gente,

Hoje gostaria de contar para vocês como foi minha aproximação com meu pai . Para quem não leu os posts anteriores . Meu pai estava brigado comigo havia muito tempo. Foi muito difícil para mim .

Ele estava brigado comigo sem ter um motivo real . Mas que para ele era verdade . A doença psiquiatria que ele tem que é a bipolaridade junto com outras faz com que ele realmente ache e acredite plenamente que as pessoas estão contra ele e querem literalmente o mal dele. Isso ocorre quando o paciente está tendo crises de euforia e mania de perseguição. Dessa vez ele cismou comigo. Já teve épocas que foi com outros membros da família , amigos etc … É muito triste pois o paciente com essa doença realmente acredita que a pessoa que ele ama quer o mal dele. É dolorido demais para ele e para quem ele fica distante .
Ele se afasta e fica com muita raiva por medo de ser e perseguido por essa pessoa . No caso agora estava sendo eu a pessoa que na cabeça dele queria prejudica lo. Vocês podem imaginar a dor que é não poder falar com seu pai que esta vivo porque ele acha que você é má? Que você quer destrui lo ? É uma dor que não tem como explicar . São sentimentos de medo, rejeição, saudade, raiva , amor e muita confusão mental . Pois por mais que eu sei racionalmente que não é nada pessoal comigo não tem como não me afetar. Esse tempo dele distante de mim sem um motivo verdadeiro e sim de fantasia da parte dele me deixou extremamente triste e sem saber o que fazer . Eu tentava de tudo para me aproximar dele mas ele achava que eu era culpada dos problemas dele , das internações e cultivava raiva dentro dele por mim sendo que eu não tinha nada a ver com isso.
Racionalmente eu sabia que não era minha culpa mas queria mudar essa situação de qualquer forma e não tinha como, me sentia totalmente de mãos atadas . Para vocês verem como o amor de pai é mais que importante é fundamental. Quando não estamos nos sentindo amados pelos nossos pais vem uma sensação mesmo que inconsciente que ninguém mais nos ama. E acabamos querendo que as pessoas que convivemos e amamos nos demonstre e prove o amor delas por nós o tempo todo. O que não é bom . Tive essa sensação durante muito tempo.
Não conseguia separar meu pai dos outros . Por mais que tentava e tento é muito difícil . Assim fazia de tudo para não me aproximar de pessoas novas e nem me apegar a ninguém para não sofrer . Não queria passar pela dor que passei com meu pai. Os sentimentos são paradoxiais pois sei que uma coisa não tem nada a ver com a outra a não ser pelo lado emocional e os traumas que me causou só que ao mesmo tempo é complicado entender e racionalizar . Meu pai quem fez o que fez comigo a vida toda. Sem querer é claro afinal ele tem essa doença e se agravou na época em que ele usava drogas. Não foram outras pessoas que me machucaram e sim ele. Mas inconscientemente eu transferia isso para a vida de hoje e vivia com medo de me apegar e amar. Hoje estou conseguindo viver melhor , amar e superar esse vazio que ficou.
O amor de pai é tudo para uma filha e filho. Quando você não tem pai , quando ele não existe é diferente pois não existe o sentimento de rejeição. Você já esta acostumado com esse vazio. Mas quando você tem que enfrentar a vida tendo um pai e não pode viver de uma forma saudável com ele é muito complicado, difícil e traumatizante. Eu graças a Deus cada dia que passa consigo enxergar que meu pai não fez o que fez com a família porque ele quis e sim porque ele nasceu com um problema e caiu nas drogas que é um caminho muitas vezes sem volta. E que transforma o carater da pessoa e os sentimentos . A pessoa maravilhosa vira uma pessoa estranha que parece não ter emoção e amor. Mas ela tem e sofre demais. A família toda adoece é horrível. Meu pai sempre foi um pai maravilhoso que me deu muito amor até que a droga acabou com ele ! Mas hoje graças a Deus ele está sóbrio.
Hoje depois de muitas tentativas de minha parte em chegar perto dele, tentativas de meu irmão em ajudar e de minha amiga Fernanda em me dar forças para procura lo mais uma vez. Nós nos encontramos. A Fernanda disse liga para ele !!! Ele te ama e vai te atender. Morrendo de medo dele me tratar mal e não querer me receber como ocorreu outras vezes eu peguei o telefone e liguei . Passei por cima do medo e enfrentei mais uma vez. Ele me tratou super bem e disse que sentia saudades de mim e que me amava. Eu quase chorei naquele momento pois era TUDO que mais queria escutar na VIDA!
Foi meu presente de Natal . Ele conseguiu sair da paranóia que estava voltada para mim e o amor falou mais forte . O amor é o sentimento mais profundo e capaz de fazer milagres. Foi o que aconteceu hoje . Combinamos de almoçar . Ele foi me buscar com o motorista e eu ansiosa morrendo de medo de como iria ser nosso almoço o aguardava …
Parecia que estava em outro planeta , estava até tonta me sentindo uma criança de 5 anos .
O sentimento era como se fosse muito bom para ser verdade sabem? O pior é que eu não deveria ter sentido isso porque eu não estava errada em nada . Se fosse para julgar alguém seria ele e não eu que sou filha e fui vitima . Mas a vontade de receber o amor dele e ser aceita por ele era tão grande que a emoção falava muito mais alto que a razão. Toda a teoria e tudo que sei sobre psicologia, analise e experiência de vida parece que sumiram de sua cabeça naquele momento . Acho que quando se trata de amor isso acontece muito né rs? Entrei no carro dele e nos abraçamos! Conversamos. Tentei explicar para ele que jamais iria querer o mau dele e que ele podia contar comigo sempre . Hoje ele aceitou e entendeu. Foi maravilhoso o encontro e me senti novamente a filha amada . Mas tenho a consciência de que isso tudo pode mudar, pois com a instabilidade dele hoje ele pode estar me amando mas amanha me odiando. Isso tudo dentro do mundo de fantasia que ele vive mas que para ele é verdade . Repito não porque ele quer . Mas porque a doença o manipula e toma conta dele.

Aí que vem mais uma vez o meu medo. Medo de perde lo de novo. Mas como meu analista diz : Isabella você tem que encarar seu pai de uma outra maneira hoje em dia. Saber que ele é doente, não faz por mau e não é nada pessoal com você . E é assim que vou levar meus dia com meu pai. Um dia de cada vez. Sem esperar nada dele. Sem ficar querendo algo que ele não pode me dar .Meu pai tem muitos limites . Mais uma vez vou encarar de frente o problema e aproveitar o amor dele quando ele pode me dar. Mas como isso é difícil gente !!! Eu tenho que ser racional e lembrar do que meu analista disse para mim diariamente para não levar um tombo muito grande. Assim quando ele mudar eu já vou estar preparada que essa doença é assim mesmo e infelizmente eu não posso fazer mais nada para ajuda lo!

Nos abraçamos, trocamos palavras de amor, fizemos planos de vida… Mas até quando vai durar? Pois é eu não sei . Ninguém sabe . Depois fiquei em casa pensando em como eu poderia ajuda lo! E o pior é que não posso fazer nada mais do que fiz e faço por ele quando ele deixa eu chegar perto dele, que é dar amor, mostrar o caminho certo e aceita lo como ele é . Queria sim que ele aceitasse um tratamento. Fizesse terapia. Tomasse remédios que estabilizam o humor. Mas ele não aceita. Então o que posso fazer?

Hoje meu coração ficou em pedacinhos quando ele me disse: Isa minha filha acordo todos os dias com medo, com angustia e sozinho. Sem vontade de nada e de viver ! O que fiz de minha vida filha e como posso mudar? Eu chorei muito. Mostrei a ele o caminho, mas ele não aceita tratamento. E hoje esta sem forças para fazer qualquer coisa. Como viver assim gente? Estou morrendo de pena dele. Se eu pudesse e fosse mãe dele as coisas seriam diferente. Mas não sou. Não tenho poder sobre ele . Não posso obriga lo a se tratar para ao menos amenizar essa dor que ele sente. Só que mesmo sabendo disso fico querendo ajuda lo, salva lo ! Mas não irei fazer esse papel novamente pois o preço é alto e doí demais . Vou continuar cuidando de minha vida e de meu filho o que já não é fácil. Só que são meus deveres e meu pai não é mais meu dever cuidar .

A vida não é fácil como já disse muitas vezes aqui . Mas nós devemos lutar . Jamais desistir do que acreditamos . A vida muda de uma hora para outra . E por isso devemos aproveitar cada dia que Deus nos da com amor e dignidade. E acreditar que tudo pode mudar e melhorar. Apesar da história complicada de meu pai e parecer sem saída eu acredito que ele poderá pelo menos melhorar de vida e viver melhor. Se ele quiser também é claro. Temos que querer mudar e melhorar . Se você tem um problema parecido com de meu pai ou passam pelo que passo com alguém que ama. Não desiste!!! Mas sempre pense primeiro em você ! Você jamais conseguirá cuidar de outra pessoa se não estiver bem com você. Se não estiver com sua mente sã.

Caso esteja passando por isso dê amor e assistência a pessoa que precisa .Tente leva lo para um tratamento adequado. Não desista! Eu estava quase desistindo de ter meu pai perto de mim novamente por medo e poderia estar agora sem saber que ele me ama e que posso aproveitar o amor dele mesmo que por fases . Então passe por cima de seu orgulho seja maduro e aproveite o amor de quem você ama mesmo que seja por pouco tempo. Cada um pode amar de uma maneira e nem todos sabem amar continuamente. Então tentem aceitar . Lembrando que primeiro vem você depois a outra pessoa! E jamais deixe qualquer pessoa o machucar. Faça seu melhor dentro de seu LIMITE !

Hoje voltei a ser a filhinha do papai que um dia fui… Quero passar para vocês que tudo na vida passa e que levantando a cabeça e lutando conseguimos ser feliz.

Hoje vou poder dar ao meu filho um pouco do avô dele que ele quase não teve.

Boa noite a todos!!! Beijos , Isa

  • http://www.blogger.com/profile/08395621183639444043 AblRN

    Beautiful post today, Isa. Very powerful. You have been through so much with him and have been so loved, hurt and confused. Never knowing each day what to expect is a very difficult way to live. I’m glad you are able to realize that you are not responsible for his problems, but living your life with him hopefully able to share it with you. Love you and see you SOON!

  • http://www.blogger.com/profile/05450366054843992371 cicero

    Então o que posso fazer? Tenha o tempo como um grande mestre.O futuro traz outros entedimentos, consciencia emocional e reconhecimento de ambos os lados. Sabe Isa, em milésimos de segundo somos inconciente, co-dependentes e até fazemos força para estarmos vivos. O que é estar vivo? senão estar presentes com alegria e felicidade? MENINA LINDA, precisamos cortar alguns cordões, ou melhor desatar alguns nós de fios bem finos. Comparo vc com Alice, só falta a ESPADA, espero que ganhe uma no natal..rsrs. Bjjs e muita força!!!

  • http://www.blogger.com/profile/11964711812633056320 Isabella Lemos de Moraes

    obrigada pela força e carinho ! beijos Isa

  • http://www.guilhermebussade.com/ Fernanda Sobral

    Isa, minha amiga amada. Estou emocionada com o que li. Agradeco a Deus por ter conseguido uni-la ao seu pai. Se fiz uma boa acao, foi pq os anjos me iluminaram e me levaram ate vc.
    Sempre falei para vc:” SOZINHOS SOMOS FORTES. JUNTOS, SOMOS INVENCIVEIS!” Amor de pai e mae e’ o amor mais lindo que existe no mundo.
    Tudo que eu puder fazer para ve-la unida ao seu pai, sua mae e seus irmaos, tenha certeza que irei fazer.
    Vc e’ uma pessoa maravilhosa, com um coracao lindo, cheio de amor! Nao sinta mais medo! Viva o agora, sinta o presente!
    Tive o prazer de conhecer o seu pai hoje e ver o quanto ele e’ doce, inteligente, bom, sensivel e carinhoso.
    Que Deus os abencoe e ilumine a vida de vcs!
    Sem os meus pais,avos, irmaos e amigos, eu nao seria nada.
    Por onde eu passar, levarei amor e alegria a todos. Se essa e’ a minha missao no mundo, eu nao sei. Sei apenas que desejo fazer o bem e que ter visto vc e o seu pai unidos, me emocionou muito! Agradeci a Deus por ter feito uma boa acao.
    Se existe alguem que precisa agradecer, esse alguem sou EU! Obrigada por acreditar em mim, me escutar, ser minha amiga e a cada dia ter a certeza que nada acontece em vao, que tudo vale a pena, que o amor e’ o sentimento mais nobre que existe e que viver e’ maravilhoso demais!!!!
    Se cuide, se ame, se doe e viva o agora! Viva pela SUA FELICIDADE!!!!
    Beijos no seu coracao com todo carinho do mundo,

    FE

  • http://www.blogger.com/profile/01997671751833561988 Patricia Reed

    Ufa!!!!!!!! Vai dar tudo certo! Parabéns Isa. Vc teve mta coragem. Imagino como deve ter sido difícil antes… Mas vc enfrentou.
    Um beijão,
    Patricia

  • Anonymous

    PARABENS PRA VOCE E PARA A SUA NOVA AMIGA FE!! QUE CORAGEM!!!

    BJSSSSSSS
    DUDU

  • Anonymous

    Muito legal Isabella!! Parabéns pela coragem e postura!

    Bjão

    Calvin

  • http://www.blogger.com/profile/17607370529356397505 Alberto

    Sou novo aqui e sua luta me chamou atenção pela reportagem publicada no site do IG. Tenho 45 anos e passei o inferno na minha infância e juventude devido ao uso que meu pai fazia (faz) da mãe de todas as drogas: o álcool. A minha postura, após me entender como gente, se tornou mais ativa e positiva tendo em vista a minha integridade e segurança. Passei a me defender, cobrar, questionar nos momentos de sobriedade dele ao ponto de, sóbrio, me ameaçar com uma arma. Devido a essa minha postura toda família ficou contra mim. Apesar das cicatrizes físicas e psicológicas fui taxado de “rebelde” sem coração que se voltou contra o próprio pai, um cara que me deu a existência para fazer dela um inferno. Para eles eu não podia me voltar contra a ordem instituída. Era apanhar e ficar quieto. Diante da violência dele, a omissão de minha mãe era também o que mais me violentava. Que mãe deixa o filho sangrar e somente diz: fica quieto, para de chorar. Felizmente para mim, isso cortou toda e qualquer dependência emocional. Hoje tenho uma família linda: uma esposa fantástica e uma filha com a cabeça no lugar. No final essa experiência passada só serviu para me ensinar o que eu não poderia ser nem fazer para ser realmente feliz. Periodicamente sou procurado pelos meus irmãos (sim irmãos, mas eles eram os “queridinhos”), tias e primos, que não sabem de nada o que passei, querendo perturbar a paz que conquistei hoje, mas não troco a presença de quem me faz bem por aqueles que me fizeram chorar.