Mulher e o Amor

Voltando um pouco ao assunto do post “Afinal o que as mulheres querem?” E dando continuidade a pesquisa de Freud estou aqui pensando nas mulheres e como é realmente difícil ser mulher nos dias de hoje . Somos cobradas por todos! Ser mãe já deveria ser o suficiente no meu ver pois é o maior de todos os trabalhos . Mas hoje em dia não da e a mulher tem que se dividir em 30 rs! Então meus queridos leitores vamos la?

O que se passa dentro de cada mulher?


Infelizmente ainda há a crença em muitas, que beleza é fundamental, como dizia o poeta Vinícius de Moraes, e fazem de tudo para conquistar seja um trabalho, promoção, ou um relacionamento afetivo, com o corpo e a sedução. No meu ver isso não é certo pois a beleza passa e o que fica é o nosso conteudo.

Felizmente, também há mulheres que sabem reconhecer seu valor e sabem que a beleza externa passa com o tempo e o que conta mesmo é o que há dentro de cada uma de nós, coisas simples como força, coragem, garra, luta e principalmente, a sensibilidade e a capacidade de doar amor.

Um corpo bonito pode conquistar um trabalho ou alguém, mas não basta para manter absolutamente nada, a não ser relações superficiais e por um tempo muito curto.
É mais do que certo que realização profissional e conquistas materiais não são suficientes para fazer alguém feliz. A emoção sobrepõe-se a todas as outras conquistas. Ainda buscamos uma relação saudável, um companheiro para dividir cada momento da vida, alguém para trocar, acima de tudo, amor.

Cada vez mais os homens e mulheres fogem de seus sentimentos . Não choram, não demonstram, negam cada vez mais o que sentem e com medo, inconsciente claro, fogem. Muitos acham que demonstrar essas “fragilidades” quer dizer sinal de fraqueza mas não é . Ao contrário, para assumir e demonstrar nossos sentimentos temos que ser fortes pois todos nós sabemos que muitas vezes não é fácil. Muitos fogem da entrega, do amor. E com isso, homens e mulheres, perdem. Perdem a oportunidade de crescerem e, mais ainda, de serem amados.

Algumas mulheres podem dizer que isso não acontece com elas, são realizadas, tem um bom emprego ou negócio próprio. Mas, será que são felizes em sua relação afetiva? São correspondidas em seu amor? Devo lembrar, que muitas vezes a imagem de alguém independente, livre, pode ser apenas superficial para proteger um lado emocional fragilizado e machucado.

Quantas mulheres desejam o divórcio mas não têm coragem de pedi-lo? Quantas são as que amam e não se sentem amadas? Quantas se sentem sozinhas mesmo acompanhadas? Quantas estão sós e buscam alguém que as amem? Ou ainda, simples mulheres donas de casa, que abriram mão de sua própria vida para cuidar da casa, dos filhos, dos pais, marido e não são sequer reconhecidas? Parece que somos capazes de cuidar de tudo, mas neste tudo, parece que esquecemos muitas vezes, de cuidar de nós mesmas. Por que fugir do desafio de cuidar de si mesma?

Essa é uma questão que hoje trato na analise e cada dia vejo que cuido mais de mim e isso é a minha maior conquista hoje. Como sempre digo se eu não cuidar de MIM ninguém cuidara e também não poderei cuidar dos que amo. Um exemplo meu filho…

Já percebi o que explica muitos dos conflitos e que reflete diretamente nos relacionamentos, é a busca de querer ser cuidada, protegida, ainda que inconscientemente. Alguém pode dizer: “eu não!” Mas eu digo: Você sim.

Qual o erro em querer um relacionamento baseado no companheirismo, amizade, cumplicidade, troca e, acima de tudo, baseado no amor?

Qual o erro em querer alguém que se preocupe com você tanto quanto você se preocupa? Que te dê atenção, carinho, amor? Quem não gosta de poder contar com um abraço, um colo, depois de um dia difícil? Não há mal nenhum nisso, seja homem ou mulher. O que precisamos é sermos coerentes com aquilo que sentimos e demonstramos, do contrário viveremos em conflito, não só com o outro, mas com nós mesmas.

O que leva a verdadeira independência não é só ser capaz de se manter financeiramente (não é mesmoooo ), mas, principalmente, ser capaz de enfrentar os medos, os desejos, de ser consciente do que sente e acreditar que é possível encontrar alguém que valorize tudo aquilo que você sonha sem que seja pedido.

Alguém que saiba reconhecer que além do rosto bonito, existe um ser humano com sentimentos, que chora, reclama, pede, espera, mas também acolhe, cuida, torce e deseja acima de tudo, a troca. Afinal, somos sim capazes de parar seja o que for e lembrarmos de dar um telefonema só para que o outro se sinta importante. Somos capazes de, mesmo cansadas, lembrar de dar um abraço e perguntar como foi o dia, mesmo que o seu tenha sido péssimo. Pois é somos capazes, acima de tudo, de amarmos.

Por isso e muito mais é que digo temos que continuar demonstrando o que sentimos, sem negações, fugas ou culpas. Quando acreditarmos em nós mesmas não permitiremos mais sonhos vazios, relações doentes, falta de respeito e amor. Nesse momento seremos capazes de nos amarmos e estaremos finalmente livres para amar e ser amada. Enfim, seremos felizes! Aprendi que só assim é possivel um relacionamento saudavel . Temos que nos doar, ceder e parar genteeeee de FUGIR de tudo! Hoje em dia as pessoas estão fugindo de si mesmo ! Parece que acham que sentir dor é o fim do mundo. Mas não é . Claro que não é bom !!! Mas a dor é sim um processo essencial para cura e crescimento . Não tem como crescer sem dor e sem enfrentar nossos medos. Por isso meus amigos e leitores vamos mais uma vez comigo nessa luta!!! Se eu estou conseguindo mudar vocês também podem. Mas nada vem de mão beijada! Eu luto diariamente. Estudo o que é melhor para mim, faço analise, procuro fazer coisas que são boas para mim, transmito amor para quem amo , vivo um dia de cada vez . É claro que minha ansiedade atrapalha um pouco , mas logo converso comigo mesma e vou lutando pela minha melhora RS não é fácil não! Mas olha só temos que mudar o que achamos que devemos e queremos! Se realmente nos atrapalha! NÃO MUDE JAMAIS SUA ESSÊNCIA ! NEM DEIXE QUE NINGUÉM TENTE MUDA LO!!! VOCÊ É ESPECIAL DO JEITO QUE VOCÊ É .

E QUEM TE AMA VAI TE AMAR DO JEITINHO QUE É !!!

BOM DIA A TODOS !BEIJOS, ISA
  • Ricardo

    Muito bom o texto. Parabéns! Bjs,

  • http://www.blogger.com/profile/11964711812633056320 Isabella Lemos de Moraes

    thank you ;)

  • Anonymous

    Muito bacana isa….. adorei….beijos grandrs, gi

  • Anonymous

    Gosto muito do seu blog, tenho oportunidade de expor, por para fora. Nunca aceitei de fato casamentos e sim relacionamentos, sendo solteiro até hoje. No processo de gestação, prestes a vir para esse mundo e apesar de estar protegido de forma confortável, mas precisamos sair! Nos esforçamos muito para que isso aconteça. A crescimento e a evolução neste momento de sofrimento, dependendo só de nós, que é viver ou morre.
    Com isso já estou no terceiro relacionamento. Vejo que todos que vivenciei, só me fez crescer com muito exercício. No primeiro, tinha vinte três anos e ela tinha trinta anos divorciada. Era um menino descobrindo a vida e o que ela tinha para oferecer, mas mesmo assim foram sete anos, com duas filhas. O segundo foram treze anos com uma diferença de idade de dez anos. Ela era uma menina descobrindo seus limites. Eu estimulador e provocador, fez dela uma campeã dela mesma. Percebo hoje no terceiro relacionamento com uma filha, que sou mais feliz sabendo lidar melhor meus sentimentos e comportamentos, que nem sabia que existia ou que tinha. Lógico que com terapia dor e sofrimento no começo.

    Nunca tive experiência de escrever a respeito.

    Sou muito grato pela oportunidade!

  • http://www.blogger.com/profile/11964711812633056320 Isabella Lemos de Moraes

    OBRIGADA A TODOS! NO QUE PUDER AJUDAR CONTEM COMIGO!!! MEU E MAIL ESTA NA PAGINA DO BLOG!
    BEIJOS ISABELLA

  • http://www.blogger.com/profile/18112875068290524320 Antonio De Padua

    Voltou! Que bom…
    Bjo…